Meta é fazer o aterro sanitário em outro local

O prefeito de Amorinópolis, Silvio Isac (PMDB), encarou de frente o problema do lixão que existe na entrada da cidade e que é motivo de vergonha, além de crime ambiental.


É meta do prefeito arrumar um outro local para se fazer um aterro sanitário, mas por enquanto vai organizar aquela área onde se joga os resíduos sólidos da cidade.


Quem passa pelo trevo da cidade de Amorinópolis avista logo de imediato, no lado direito, o lixão da cidade. Em razão de sua proximidade com a cidade e de sua desorganização, traz incômodo para os moradores, com mau cheiro e até a fumaça de incêndio já aborreceu os da Vila Cohab.


A Administração colocou placas de direcionamento dos lixos, dividindo-os em domésticos, ossadas e eletroeletrônicos. Foi cercado o local e prensado o lixo em seus devidos lugares para não prejudicar o meio ambiente.


Foi feita uma reunião com comerciantes de carnes da cidade e solicitada a conscientização por parte deles e da população em prol de se dar a destinação correta para este tipo de lixo. Na opinião do prefeito Sílvio Isac, apesar de tratar de lixão, o local pode ser organizado. O prefeito ordenou e já foram feitas novas valas para aterrar o lixo.

Fonte: Oeste Goiano

Data de publicação: 14/06/2017

Compartilhe!